sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

ATIVIDADES COM O TEMA ÁGUA

ATIVIDADES COM O TEMA ÁGUA



Objetivo
Construir valores básicos para que as crianças tenham hábitos éticos, sadios e responsáveis quanto à conservação dos recursos naturais como a água, o respeito aos diferentes aspectos do patrimônio natural, a preservação da Terra  aplicando-os no dia a dia. 



EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


1 - Leia o texto com atenção para responder as questões abaixo.

Haverá água quando a gente ficar velho?


O meu amigo Marcelo está super preocupado. É que ele leu que, do jeito como a gente trata a água do planeta, pode ser que no futuro, quando ele ficar velho, não exista mais nenhuma gota de água.
De água limpa pelo menos...
Eu não entendo muito sobre esse assunto, mas acho que ele tem razão de ficar preocupado. Você já andou por ai e viu como as pessoas desperdiçam água.
É um tal de ficar lavando carro com mangueira ligada o tempo todo ou então lavando o quintal, como se o chão fosse um lugar que devesse ficar limpo como um prato em que a gente fosse comer.
O pior é quando você passa pelas avenidas e vê um monte de porcaria que as fabricas jogam na água, como se os rios fossem assim uma enorme privada.(...)
Essas pessoas, especialmente as pessoas já grandinhas, parecem que não estão nem um pouco preocupadas com o mundo que vai ficar para a gente...
Eu não quero um mundão seco e com um monte de cocô no lugar dos rios! Já imaginou?

Vida da gente. Belo Horizonte: Formato, 1999.

1 - Marcelo está preocupado com:

(A) a possível falta d’água no futuro.
(B) o preço da água.
(C) se ele vai ter água.
(D) a água que ele desperdiça.

2 - Qual trecho do texto comprova que os personagens são amigos?

(A) “O que é que as pessoas estão pensando?”
(B) “De água limpa pelo menos”.
(C) “O meu amigo Marcelo está super preocupado”.
(D) “Eu não quero um mundão seco...”

3 - No trecho: “Haverá água quando a gente ficar velho?”. A pontuação no final do trecho indica:

(A) uma curiosidade.
(B) uma dúvida.
(C) um pensamento.
(D) um questionamento.

4 - A frase que indica uma opinião da narradora é:

(A) “O meu amigo Marcelo está super  preocupado. ”
(B) “mas acho que ele tem razão de ficar preocupado.”
(C) “De água limpa pelo menos...”
(D) “É que ele leu que, do jeito como a gente trata a água...”

5 -  No trecho “... ligada o tempo todo ou então lavando o quintal...”. Essa expressão  indica:

(A) alternância.
(B) conclusão.
(C) explicação.
(D) oposição.

6 - Em “Eu não entendo muito sobre esse assunto...”. , é um tipo de frase:

(A) afirmativa.
(B) exclamativa.
(C) interrogativa.
(D) negativa.

7 - O texto lido é do tipo:

(A) argumentativo.
(B) instrucional.
(C) persuasivo.
(D) poético.

8 - O tema central do texto é:

(A) a possível falta d’água no planeta.
(B) a vasta água no planeta.
(C) a garantia de água no planeta.
(D) a consciência sobre água no planeta.

9 -  Dê sua opinião, por escrito,  a respeito do texto: “Haverá água quando a gente ficar velho?”

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

A ERA DA FALTA D’ÁGUA

         Uma previsão catastrófica marca o colapso da água no mundo para o ano de  2025. (...) Foi dada a largada para a correta busca de soluções. Veja o que se pode fazer para não entrarmos pelo cano.
         (...) O velho pesadelo dos ambientalistas de que as reservas mundiais de água doce vão entrar em colapso em algum momento do século XXI nunca esteve tão próximo de virar realidade. Um estudo das Nações Unidas divulgado este ano prevê que 2, 7 bilhões de seres humanos, 45% da população mundial, vão ficar sem água no ano de 2025. O problema já está afetando a um bilhão de indivíduos, principalmente no Oriente Médio e no norte da África. Daqui a 25 anos, Índia, China e África do Sul deverão estar na estatística. “Nesses lugares, as reservas deverão se esgotar completamente”, alerta o autor dos estudos, o geólogo Igor Shiklomanov, do Instituto Hidrológico Estatal de São Petersburgo, Rússia.
O precário abastecimento d’água desses lugares vai falir, por vários motivos. “Nos últimos cinquenta anos, a população mundial triplicou e o consumo de água aumentou seis vezes”, sintetiza o ecólogo paulista José Galizia Tundisi, do Instituto Internacional de Ecologia.

Claudio Angelo, Mariana Mello e Maria Fernanda Vomero. Superinteressante. São Paulo. Abril, ano 14, n. 7, jul. 2000.
  

1 – Leia o trecho: “Foi dada a largada para a correta busca de soluções.”
Qual é o significado da frase, no texto?

(A)    Abandonaram-se as providências para reparar o problema.
(B)    Iniciaram-se as providências para reparar o problema.
(C)       Finalizaram-se as providências para reparar o problema.
(D)       Separaram-se as providências para reparar o problema.

2 – Qual é a ideia principal do texto?

(A)    A destruição do planeta.
(B)    O alerta sobre a falta d’água.
(C)    Passar informações sobre a água.
(D)    O desperdício de água.

3 – De acordo com o texto, qual é a previsão sobre o que poderá acontecer com a água do planeta?

(A)  45% da população mundial  vão ficar sem água.
(B)  O consumo de água diminuirá no Oriente Médio.
(C)  Grandes inundações acontecerão na Índia, China e Áfria do Sul.
(D)  Haverá melhoria no abastecimento de água.

4 – Baseados nas informações do texto, podemos concluir que:

(A)   A população ficará beneficiada.
(B)   A população mundial não ficará sem água.
(C)       Se não tomarmos providência a água acabará.
(D)       Todo o planeta entrará na estatística.

5 – O que você leu serve para:

(A)    Alertar sobre a falta d’água que virá.
(B)    Conscientizar sobre o uso correto da água.
(C)       Destacar o abastecimento precário da água.
(D)       Informar sobre a necessidade da água.

6 – Qual é a posição dos especialistas diante do problema da falta d’água?

(A)    Despreocupados com o abastecimento de água.
(B)    Empenhados em diminuir o consumo de água no mundo.
(C)       Não se importam com o problema dos outros países.
(D)       Preocupados e atentos em busca de soluções.

7 – De acordo com o estudo, “2, 7 bilhões de seres humanos ficarão sem água.” Por que isso poderá ocorrer?

(A)    A população aumentou.
(B)    A população diminuiu.
(C)       A população é ambientalista.
(D)       A população entrou em colapso.

8 – Leia o trecho:
         “O problema já afeta 1 bilhão de indivíduos, principalmente no Oriente Médio e norte da África”.

a) Escreva seu entendimento sobre a frase.
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 9 -  Quantos anos faltam para chegarmos ao ano de 2025?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
10 – É possível a vida nas condições em que a conhecemos sem a participação da água? Explique.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
11 - Que atitudes você tomará de agora em diante, após ter lido esse texto? Justifique a sua resposta.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
12 - Redija um texto indicando o que podemos fazer para economizar água.


_______________________________

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________




EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

ÁGUA: UM RECURSO PRECIOSO

A água, uma das substâncias mais comuns em nosso planeta é formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, partículas muito pequenas, invisíveis a olho nu que reunidas formam essa molécula importantíssima para a vida. Graças a essa enorme importância na manutenção dos ciclos naturais e na manutenção da vida na Terra, que água merece uma atenção especial, afinal a Terra é vista do espaço como um planeta azul por ser praticamente 70% coberta por superfícies aquosas.
Apesar da abundância dos recursos hídricos na Terra, sua distribuição é bastante desigual pelos continentes. O problema do acesso à água potável acontece, especialmente, nos países mais pobres. Por causa da poluição e da exploração excessiva, a água potável é atualmente considerada um recurso natural finito. É necessária uma atitude responsável no que se refere à preservação da água.
Além disso, grande parte da água existente no nosso planeta não se apresenta apenas no estado líquido (rios, lagos, represas) mais também nas nuvens, rochas, solo, massas de gelo, topo das montanhas, em seres vivos dificultando o acesso a este bem preciso para a vida. 
Infelizmente hoje, a escassez de água potável afeta uma em cada seis pessoas no mundo, e as doenças relacionadas à água de má qualidade são atualmente a principal causa de mortes. Em muitos países, a crise da água é a principal razão para a pobreza da população. Estima-se que 25% dos habitantes de nações em desenvolvimento compram água por preços muito altos, em alguns casos ao custo é tão alto que compromete os orçamentos domésticos.


1 – Em geral, quando você pensa  em água, do que você se lembra?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - A água é um liquido formado de gases: _________ e _________.

3 - A molécula da água é composta por:

a) um átomo de hidrogênio e dois de oxigênio.
b)  um átomo de oxigênio e dois de hidrogênio.
c) um átomo de oxigênio e um  de hidrogênio.
d) dois átomos de oxigênio e um de hidrogênio.

4 - O planeta Terra também é conhecido por Planeta Azul pela abundância de água.
Em quais locais do planeta podemos encontrar água doce? 
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 
5 – Explique a expressão abaixo.

         “...partículas muito pequenas, invisíveis a olho nu...”
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 – Na natureza, a água é encontrada em três estados: ________;
____________ e _______________.

7 - No nosso dia a dia, estamos usando água a todo momento, em diferentes situações. Em quais situações você usa água?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
8 - Quais problemas a falta de água pode acarretar para a humanidade ? Por quê ?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 – De acordo com o texto, qual a principal causa de morte nos países mais pobres?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 10 – O que justifica a expressão: “... a crise da água é a principal razão para a pobreza da população.”?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
11 – Faça uma pesquisa na internet ou outras fontes sobre quais  países que compram água e quais os preços pagos. Em seguida escreva o que lhe chamou mais atenção.

12 – Em sua opinião, o que as pessoas devem fazer para ajudar a preservar a água potável do planeta?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________





EMEF.: ________________________________________________

ALUNO (A): __________________________________________

Dia Mundial da Água



É hora de aprender que esse é um bem finito!
Em 1992, em um importante evento que antecedeu a ECO-92, aconteceu na Irlanda a conferência internacional de água que, dentre outras medidas, estabeleceu o dia 22 de março como sendo o dia mundial da água. Muito mais que uma data comemorativa, esse é o dia para que o mundo todo, todos os seus habitantes, reflitam sobre o uso e a importância do mais precioso líquido para o ser humano, que é a água. Afinal sem ela não há vida.

1- O objetivo principal do texto DIA MUNDIAL DA ÁGUA é:

(A) contar uma história sobre a água                                  
(B) alertar sobre a preservação da água
(C) dar notícia sobre o dia internacional da água    
(D) comemorar o dia da água

2- “É hora de aprender que esse é um bem finito!”. A frase é:

(A ) Exclamativa                   
(B) Afirmativa                       
(C) Interrogativa                    
(D) Negativa


3-  “É hora de aprender que esse é um bem finito!” A expressão significa:

(A) que sempre existirá água                       
(B) a água é um líquido que terá fim
(C) economizar é importante           
(D) a água nunca acaba

4- Se a água é um líquido precioso para o ser humano, podemos dizer que ela:

(A) pode ser utilizada à vontade
(B) pode ser utilizada apenas por quem paga a conta de água
(C) devemos utiliza-la com sabedoria e economia
(D) devemos vendê-la, pois ela é preciosa e podemos ganhar dinheiro com ela

5- Comemora-se o Dia Mundial da Água:

(A) no dia 22 de maio
(B) no dia 12 de março
(C) no dia 19 de maio
(D) no dia 22 de março

6 – A imagem acima faz referência a que? Ela pode sensibilizar as pessoas?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
7 – Esse texto pode interessar a leitores de que faixa de idade? Por quê?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

8 -     Complete o quadro com pronomes transcritos do texto “Dia Mundial da Água”

Pronomes

Pronome pessoal do caso reto

Pronome demonstrativo

Pronome possessivo

 

 

 

 

 

 9 – Sabe-se que os verbos podem ser divididos em três conjugações, de acordo com a sua terminação no infinitivo. 

Releia o texto e passe para o quadro abaixo os verbos.

Verbos

1ª conjugação (ar)

2ª conjugação (er)

3ª conjugação (ir)

 

 

 

 

 

 

 10 Reescreva a expressão abaixo colocando o verbo destacado no gerúndio (acontecendo).

 “..., reflitam sobre o uso e a importância do mais precioso líquido para o ser humano, que é a água.”
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

11 – Escreva  a conjugação do verbo indicado. 

Refletir - Futuro do pretérito

Eu                                                                                                          

Tu                                                                                                           

Ele/ela                                                                                                   

Nós                                                                                                        

Vós                                                                                                        

Eles/elas                                                                                               


Produção de texto

         A ONU (Organização das Nações Unidas) redigiu um documento em 22 de março de 1992, intitulado "Declaração Universal dos Direitos da Água", que diz o seguinte: “A água é condição essencial de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura.”
          Sendo assim, agora é a sua vez de falar sobre a água! Você deverá escrever, no caderno,  uma narrativa em 3ª pessoa (narrador observador) sobre esse tema importante. Siga as orientações abaixo:

1º parágrafo: Fale sobre a importância da água para o planeta.
2º parágrafo: Indique como o ser humano pode ajudar na preservação desse elemento.
3º parágrafo: Quais as boas consequências que aparecerão no planeta diante da preservação da água.





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


Água, dona da vida

Água é sustentação
Da vida única e saudável
O mundo a ela se rende
E o ser humano depende
De que ela seja potável!

Mas há um alerta urgente
Na pesquisa confirmada
Chegando a nos assustar
Que a ÁGUA pode faltar
Se não for economizada!

O nosso sistema hídrico
Está com deficiência
Passando por sacrifícios
Devido aos desperdícios
Ocorridos com frequência!

Desperta povão, desperta
Está na hora de acordar
ÁGUA é dona da VIDA
E não pode ser poluída
Vamos nos conscientizar!

Disponível em:



1 - O texto que você acabou de ler é:

(   ) um poema com 3 estrofes e 19 versos.
(   ) um poema com 4 estrofes e 19 versos.
(   ) um poema com 4 estrofes e 20 versos.

2 – Com que intenção este poema foi escrito?

(    ) Conscientizar as pessoas a armazenar água.
(   ) Conscientizar as pessoas a evitar o desperdício e a poluição de água.
(    ) Conscientizar que não é necessário economizar água.

3 - ”Água é sustentação /  Da vida única e saudável”
    Esses  versos indicam que:

(   ) a água é dispensável para a vida.
(   ) a água é fator de extrema importância para uma vida sadia.
(   ) a água é fator que sustenta a má qualidade de vida.

4 - “E o ser humano depende / De que ela seja potável!”
   Explique estes versos.
___________________________________________________________________________________________________________________________
5 - “Devido aos desperdícios / Ocorridos com frequência!”
Que atitudes indicam o desperdício de água?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 - De acordo com a leitura, marque V ou F nas afirmativas a seguir.

(     ) A água vem sendo desperdiçada frequentemente.
(     ) O texto serve como alerta na preservação da água.
(     ) O sistema hídrico está em excelentes condições.
(    ) Pesquisas já apontam para uma possível falta de água no planeta.


7 - No que você mais usa água na sua casa?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
8 Quais as atitudes a tomar na sua casa para preservar a água? 
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 - Por que a água deve ser preservada?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
10 – O que pode poluir a água?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
11 – Quais as consequências para os seres humanos e a fauna do lugar se a água for  poluída?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
12 – Quais são as consequências de descartar na pia o óleo utilizado em frituras?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
13 - O que podemos fazer com o óleo utilizado em frituras de modo a preservar o meio ambiente?

14 – Indique a informação incorreta.

(    ) Muitos bares, restaurantes, hotéis e residências ainda jogam o óleo utilizado na cozinha direto na rede de esgoto, desconhecendo os prejuízos dessa ação. Independente do destino, esse produto não prejudica o solo, a água, o ar e a vida de muitos animais, inclusive o homem.
(    ) Quando retido no encanamento, o óleo causa entupimento das tubulações e faz com que seja necessária a aplicação de diversos produtos químicos para a sua remoção. Se não existir um sistema de tratamento de esgoto, o óleo acaba se espalhando na superfície dos rios e das represas, contaminando a água e matando muitas espécies que vivem nesses habitats.
(    ) Dados apontam que com um litro de óleo é possível contaminar um milhão de litros de água. Se acabar no solo, o líquido pode impermeabilizá-lo, o que contribui com enchentes e alagamentos. Além disso, quando entra em processo de decomposição, o óleo libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa.

Agora, faça a correção da informação que você assinalou.
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Produção de texto

         No caderno, escreva um texto colocando a ÁGUA como um narrador-personagem (participa dos acontecimentos) solicitando às pessoas que cuidem melhor dela, garantindo assim, vida longa ao  planeta Terra.






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


Crônica 231- “A água nossa de cada dia”

Maurício de Souza

Hoje de manhã, enquanto levava meu filho para a escola, assisti a diversas cenas de desperdício.
Rua após rua, homens e mulheres usavam mangueiras para lavar calçadas e carros com jorros e jorros de água potável.
Nos primeiros casos cheguei a diminuir a velocidade do meu carro para sinalizar aos dissipadores que não deveriam estar fazendo aquilo. Mas eles olhavam, sem entender o que eu queria passar com os gestos... e continuavam com as torneiras abertas.
Nos casos seguintes, desisti. Só olhava, desolado, toda aquela água preciosa escorrendo pela calçada, pelas sarjetas...
Se voltar a percorrer o bairro nesta bela manhã de abril provavelmente vou surpreender mais dissipadores em ação. Talvez já lavando carros, mais pátios e calçadas. E vou, de novo, ficar triste com o desperdício escancarado, explícito, irresponsável.
O que fazer para que nós, nossos filhos e os filhos de nossos filhos tenham água de boa qualidade e em quantidade no futuro?
Acho que, para começar, falar com as crianças. Se os adultos dão lições de desperdício, as crianças podem, no tempo, reverter o processo.
Enquanto crianças, podem entender melhor a necessidade de preservamos nossos recursos naturais, água, inclusive. Quando crescerem, vão substituir os adultos insensatos de hoje já com atitudes corretas no cuidado com o meio ambiente.
Longe de mim a ideia de transformar quem quer que seja em vigilante, patrulheiro, inspetor de recursos naturais. Também seria insensato. Em alguns casos até perigoso. Tem gente que não aceita críticas. Mas se cada um de nós pudesse passar aos filhos, às crianças, em geral, propostas, ideias e conselhos para buscarem a economia, a racionalização do uso da água, teríamos um início de caminho já sinalizado.
E enquanto crianças e jovens vão se conscientizando, vamos pensando, num modo de chegarmos até os dissipadores adultos com orientação e informações. Pra começar, à volta da escola, já vou falando sobre o assunto com meu filho. De novo, porque lá em casa o assunto já é velho e conhecido. Mas bons conselhos podem ser repetidos... e acumulados. E cuidados com nossos recursos naturais deveriam merecer até mesmo algum tipo de saudação. Assim, como dizemos bom dia, boa noite, até logo, poderíamos começar a dizer: Salvou água, hoje? Apagou a luz que não está usando? Salvou uma árvore? Pensou nas crianças que não tem água para beber?...
Pode parecer meio dramático. Mas antes um dramático falado do que sentido.
Enquanto é tempo.


Disponível em:www.monica.com.br/mauricio/cronicas/cron231.htm


1 – Antes de ler essa crônica, você fez suposições a respeito do que ele iria tratar. Essas suposições se modificaram após a sua leitura? Justifique.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 – Em  sua opinião, com que intenção o autor escreveu esse texto?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 – Esse texto é dirigido a que público?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 – “E vou, de novo, ficar triste com o desperdício escancarado, explícito, irresponsável.” Em sua opinião, as pessoas fazem isso porque não sabem que a água potável (boa para beber) possa acabar, porque não acreditam que isso venha acontecer ou porque não têm o hábito de economizar?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 5 – Em  sua  opinião, o que as pessoas devem saber e fazer para evitar o desperdício da água potável?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________6 - O que você faz ou pode fazer em sua casa para evitar o desperdício da água em seu dia-a-dia?

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

7 - Leia com atenção as afirmativas abaixo e indique se são verdadeiras ou falsas (V ou F).

(   ) O narrador do texto é um narrador-observador; não participa dos acontecimentos.
(   ) A crônica traz como característica marcante: retratar fatos da realidade, escrita  numa linguagem coloquial , com a intenção de divertir,  fazer uma, provocar emoção no leitor.
(  ) O cronista convoca a todos para tornarem-se patrulheiros da água.
(  ) Os dissipadores de água são os que mais a defendem e lutam por sua preservação.
(  ) O narrador do texto é um narrador-personagem; participa dos acontecimentos.
( ) O cronista questiona o que pode ser feito para se resolver o grave problema da água.

8 - Retire um trecho do texto que comprova o tipo de narrador que você indicou como  V (verdadeiro) na questão anterior (questão 7).
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 – Procure em jornais, revistas, internet uma noticia, reportagem sobre a falta de água  no estado, lugar que você mora e comente-a com os colegas. Depois, deixe-a exposta no mural da sala.

10 -    Produção de texto.

=> Redija um texto descrevendo o uso de água em sua residência  e apontando em que situações será preciso mudança de atitude em prol da economia.

=> Crie panfletos informativos sobre a importância da água e maneiras de evitar o desperdício para que sejam distribuídos na escola e para os pais.





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


RELEMBRANDO

A hidrosfera é o conjunto de todos os reservatórios de água que existem no planeta. Supostamente, ao longo das eras geológicas, a quantidade total de água da Terra continua a mesma. Ela não é criada nem destruída, apenas migra entre diferentes tipos de reservatório (oceanos, rios e lagos, lençóis freáticos, aquíferos subterrâneos, calotas polares, solos e nuvens).

A figura a seguir apresenta as principais etapas do ciclo hidrológico:  

                             CICLO HIDROLÓGICO 

1 -  De acordo com o texto, o que é hidrosfera?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 – O que completa a expressão “... ao longo das eras geológicas, a quantidade total de água da Terra continua ...”:

(    ) aumentando.
(    )  a mesma.
(    ) diminuindo.
(    ) diminuindo e aumentando.

3 – De acordo com o texto, quais os diferentes tipos de reservatório de água no planeta Terra?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 4 – Descrevendo o que acontece no ciclo da água.
Utilize as palavras do quadro para completar as lacunas.
nuvens, rios, chuva, mares, infiltrada, lagos, oceanos,  ventos, solo, atmosfera, subterrânea, lençóis freáticos, relevo
           
O Sol provoca a evaporação da água de ______________, _____ e _______. Acumulado na atmosfera, o vapor da água forma as ___________, que são levadas pelos __________ para os continentes.
         Quando resfria, o vapor da água condensa e forma-se a __________, que devolve a água para o _______, os _________, os ________ e os oceanos. Parte dessa água evapora e retorna à __________, outra parte escoa superficialmente (acumulando-se nos rios e nos lagos) ou infiltra-se no solo compondo uma faixa de água ___________ que denominamos lençóis ______ _________. 
Em determinados pontos do __________, esses lençóis freáticos sobem à superfície, constituindo as nascentes dos rios (as minas d’água) que fluem para o mar, onde se recomeça o  ciclo da água ou ciclo hidrológico.  

5 - Numere corretamente:

2 - Infiltração                            
3 - Escoamento superficial 
4 - Evaporação                            
5 - Transpiração                                      
7 - Condensação                            
 
(    ) consiste no fluxo de água da superfície que se infiltra no 
solo.
(   ) movimento das águas na superfície terrestre, nomeadamente do solo para os mares.
(   ) consiste no vapor de água condensado que cai sobre a superfície terrestre (chuva).
(   ) é o processo conjunto pelo qual a água que cai é absorvida pelas plantas, voltando à atmosfera através da transpiração ou evaporação direta (quando não absorvida).
(    ) é a transformação da água no seu estado líquido para o estado gasoso à medida que se desloca da superfície para a atmosfera.
(    )  é a transformação do vapor de água em água líquida, com a criação de nuvens e nevoeiro.
(    ) é a forma como a água existente nos organismos passa para a atmosfera.

6 - O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida no planeta. As condições climáticas da Terra permitem que a água sofra mudanças de fase e a compreensão dessas transformações é fundamental para se entender o ciclo hidrológico. Numa dessas mudanças, a água ou a umidade da terra absorve o calor do sol e dos arredores. Quando já foi absorvido calor suficiente, algumas das moléculas do líquido podem ter energia necessária para começar a subir para a atmosfera.

A transformação mencionada no texto é a:

(A) fusão.
(B) liquefação.
(C) evaporação.
(D) solidificação.
(E) condensação.

Gabarito – C

7 - Marque V para verdadeiro e F para falso:

( ) o vapor de água que sobe da Terra para a atmosfera, encontrando camadas mais frias, se condensa e forma as nuvens.
(  ) no ciclo da água, a chuva não tem importância fundamental para os animais e plantas.
(  ) a água das nuvens precipita-se na superfície terrestre em forma de chuva, neve ou granizo.
(   ) no solo, a água da chuva pode escorrer até um rio, lago ou mar.
(   ) a evaporação da água umedece o ar que respiramos.
(  ) nas cidades poluídas, a água das chuvas pode trazer com ela substâncias diversas e micro-organismos que estavam em suspensão no ar.

Gabarito: V-F-V-V-V-V

8 - Qual a contribuição dos animais e dos vegetais para o ciclo da água? 

( A )  Os animais e vegetais não contribuem para o ciclo da água.
(B) Os animais e vegetais contribuem para o ciclo da água por meio da respiração e da transpiração e excreção. 
(C) Os animais e vegetais contribuem para o ciclo da água somente por meio da respiração.
(D) Os animais e vegetais contribuem para o ciclo da água somente por meio da excreção. 

Gabarito – B

9 - Por meio de seus diferentes usos e consumos, as atividades humanas interferem no ciclo da água, alterando:

(A) a quantidade total, mas não a qualidade da água disponível no planeta.
(B) a qualidade da água e sua quantidade disponível para o consumo das populações.  
(C) a qualidade da água disponível, apenas no subsolo terrestre.
(D) apenas a disponibilidade de água superficial existente nos rios e lagos.
(E) o regime de chuvas, mas não a quantidade de água disponível no planeta.

Gabarito – B

10 - Explique a importância da manutenção da cobertura vegetal para o ciclo hidrológico.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
11 - Escreva um pequeno texto sobre a importância do ciclo hidrológico em termos humanos e ambientais.

________________________________

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

Planeta Terra, planeta água



      Você já viu uma fotografia do nosso planeta, visto de cima? Bem, ele é azul. E o motivo disto é que 70% dele é feito de água. A Terra é o único planeta do sistema solar que tem água em estado líquido. Em Vênus, que é mais perto do Sol que a Terra, é tão quente que a água evaporou completamente. Em Marte, que fica mais longe do Sol, a água virou neve e gelo.

                        (Correio Braziliense - Correio da Galera, 15/11/98)

 1 - Qual o assunto deste texto? 
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Escreva todas as atividades que você fez durante o dia que utilizaram água, desde a hora que você levantou da cama até a noite, antes de ir dormir.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - De acordo com o texto, a Terra é azul porque_____________
______________________________________________________
4 - A água em Vênus evaporou,  em Marte congelou. Por que isso aconteceu? ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5  – Por que a presença de água é fundamental para a vida em nosso planeta?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 - Desembaralhe as letras e decifre a mensagem.

A GUÀAÉ UNAMENDTAL RAPA A DIVA OSD SREES VOVSI.
____________________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________
7 - As palavras destacadas no texto são:

(   ) substantivos próprios.   (   ) verbos.   (   ) substantivos comuns.

8 - Como você ilustraria esse texto?














9 – Apesar de parecer abundante, a quantidade de água doce existente no planeta é relativamente pequena. Para se ter ideia, a água dos lagos e rios representam 0,3% do total de água doce. Observe nos gráficos as informações em relação à água e responda as questões propostas.


a) De acordo com o gráfico, onde encontramos a maior parte da água que existe em nosso planeta e por que ela não pode ser usada para o nosso consumo?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) A porcentagem que representa a água doce é: _____________
c) A maior parte da água doce encontra-se: _________________
d) A menor parte da água doce está: _______________________
e) A diferença entre a porcentagem da água subterrânea e a dos rios e lagos é: _____________
f) Calcule a diferença entre a porcentagem de água das geleiras e de águas subterrâneas. (porcentagem de porcentagem)

Calculo:






Resposta: ________________________________







EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

DISPONIBILIDADE DA ÁGUA NA TERRA

A provisão de água doce está diminuindo a nível mundial. Uma pessoa em cada cinco não terá acesso a água potável. A água é cada vez mais um bem escasso no planeta e notadamente em nosso país. Seu volume total não está se reduzindo, porque não há perdas no ciclo de evaporação e precipitação; o que caracteriza a escassez é a poluição. Muito se fala em falta de água e que, num futuro próximo, teremos uma guerra em busca de água potável.



O Brasil é um país privilegiado, pois aqui estão 11,6% de toda a água doce do planeta. Aqui também se encontram o maior rio do mundo - o Amazonas - e parte do maior reservatório de água subterrânea do planeta - o Sistema Aquífero Guarani e Alter do Chão.
No entanto, essa água está mal distribuída: quase 70% das águas doces do Brasil estão na Amazônia, onde vivem apenas 7% da população. Essa distribuição irregular deixa apenas 3% de água para o Nordeste. Essa é a causa do problema de escassez de água verificado em alguns pontos do país.
AQUÍFERO
Origem e denominação
As regiões do aquífero compunham um deserto pré-histórico. Com o passar do tempo, os ventos acumularam grandes depósitos arenosos (na Bacia Sedimentar do Paraná), representando um extenso campo de dunas que foi recoberto por um dos mais volumosos episódios de vulcanismo intracontinental do planeta, cuja lava solidificada originou a Formação Serra Geral, que vem a ser uma capa protetora do Aquífero Guarani. Esses mecanismos geológicos é que originaram as rochas (formações geológicas), em cujos poros armazenam-se as águas do Aquífero Guarani. O termo Guarani foi sugerido pelo geólogo Danilo Antón em uma conversa informal com os colegas Jorge Montaño Xavier e Ernani Francisco da Rosa Filho, geólogos da Universidad de la Republica do Uruguai e Universidade Federal do Paraná, respectivamente, em 1994, e aprovado com o respaldo dos quatro países em uma reunião em Curitiba, em maio de 1996. O objetivo era unificar a nomenclatura das formações geológicas que formam o aquífero, e que recebem nomes diferentes nos quatro países e, simultaneamente, prestar uma homenagem aos índios guaranis que habitavam a área de sua ocorrência, na época do descobrimento da América. 
O Guarani é um dos maiores aquíferos do mundo, cobrindo uma superfície de quase 1,2 milhões de km². Está inserido na Bacia Geológica Sedimentar do Paraná, localizada no Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina, e constitui a principal reserva de água subterrânea da América do Sul, com um volume estimado em 46 mil km³. A população atual na área de ocorrência do Aquífero Guarani está estimada em aproximadamente 29,9 milhões de habitantes. Nas áreas de afloramento a população é de cerca de 3,7 milhões de pessoas (12,5 % do total). Do total de sua área (1.195.500 km²), 12,8% estão representados pelas zonas de afloramento, ou seja, 153 mil km² (ANA, 2001), sendo que 67,8% (104 mil km³) localizam-se no Brasil; 30,1%, no Paraguai e 2,1%, no Uruguai. Até o presente momento não foram identificadas áreas de afloramento na Argentina. A área do Guarani, na Argentina, é de 225.500 km²; no Paraguai é de 71.700 km²,; no Uruguai é de 58.500 km² , e no Brasil é de 840 mil km² (ARAÚJO et al., 1995), espalhando-se pelo subsolo de oito estados (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) num total de 70,2% da área total do aquífero. A área de ocorrência do Guarani caracteriza-se por concentrar as zonas agropecuárias mais importantes de cada país. Além disso, a região caracteriza-se por terras férteis e solos com altos índices de produtividade onde são desenvolvidas as culturas de soja, milho, trigo, cevada, sucro-alcooleira, etc., e com excelente potencial de desenvolvimento da pecuária de corte de grande diversidade de raças, além de uma indústria bastante diversificada, destacando-se a automobilística e a de beneficiamento de produtos agropecuários (agroindústria - frigoríficos, laticínios).


ESTADOS BRASILEIROS NUM TOTAL DE 70,2% DA ÁREA TOTAL DO AQUÍFERO

Mato Grosso do Sul (213 700 km²)
Rio Grande do Sul (157 600 km²)
São Paulo (155 800 km²)
Paraná (131 300 km²)
Goiás (55 000 km²)
Minas Gerais (51 300 km²)
Santa Catarina (49 200 km²)
Mato Grosso (26 400 km²)



1 - O que de mais importante você  observou no texto?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2 - Quais foram as palavras que levaram você a consultar um dicionário para a compreensão de uma frase?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - Do que foi lido, o que você  considerou uma nova informação?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 – “Muito se fala em falta de água e que, num futuro próximo, teremos uma guerra em busca de água potável.” Esta expressão conduz a:

(A) acumular água dos rios e demais locais de coleta.
(B) criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver esse problema.
(C) não evitar o desperdício de água doce.
(D) esquecer de recuperar o que já foi destruído.

5 – Qual é o significado da expressão “... quase 70% das águas doces do Brasil estão na Amazônia, onde vivem apenas 7% da população.” ?

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 – Retorne ao gráfico “Distribuição dos recursos hídricos no Brasil” apresentado no texto e construa uma tabela, seguida da sua compreensão sobre as informações.


















7 - O Brasil possui vários aquíferos. Explique o que é um aquífero.
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
8 – Escreva quais são os maiores aquíferos no Brasil, sua localização-estados.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 – “Sendo o Brasil um dos países com os maiores reservatórios de água do mundo, não está livre de sérios problemas hídricos.” Justifique a frase com argumentação.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

A CRISE DA ÁGUA

As principais fontes de água doce são os rios, os lagos, as lagoas e os lençóis freáticos, como é chamada a camada de água que fica sob o solo. Aqui no Brasil, essas fontes, que já são mal distribuídas pelo território, sofrem também com a poluição.
Os rios estão com a qualidade de suas águas comprometida. É que, ao mesmo tempo em que fazem uso das águas, as indústrias lançam nelas toda a sujeira que acumulam enquanto estão trabalhando. Grande parte dessa sujeira é formada por substâncias venenosas às plantas e aos animais. Por isso, vemos com frequência peixes mortos em rios e lagos.
Alguns cientistas acreditam que o aumento do consumo de água doce somando à sua poluição são os fatores que mais vão colaborar para a redução desse liquido no nosso planeta. Pesquisadores avaliam que num futuro muito próximo alguns países poderão brigar mais por reservas de água doce do que por petróleo. E essa “crise da água” poderá acontecer já no século 21.
Por isso, temos a importante tarefa de evitar o desperdício de água doce e reduzir a poluição. Não podemos também nos esquecer de recuperar o que já foi destruído. Será preciso muito trabalho para trazer de volta a qualidade desses liquido que se torna cada vez mais raro.
A grande preocupação dos cientistas é que, ao contrario de outros recursos, como o petróleo, para o qual existem meios de compensar a falta, a água doce não tem substituto. Então é bom controlar a torneira!

(Ciência hoje das crianças, n.80)

1 - Qual a ideia central do texto?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 – De acordo com o texto, cite os fatores que mais vão colaborar para a redução da água doce no nosso planeta.
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - A água doce é muito valiosa em nosso planeta. Qual atividade aparece no texto que exemplifica a falta de cidadania.

(A)  O cuidado com as águas dos lagos, rios e etc.
(B)  O lançamento de substancias venenosas nos rios por parte das indústrias e o uso abuso de água doce não controlando a torneira.
(C)  As empresas que jogam substâncias venenosas nos rios.
(D)  O crescimento da população e a natureza sempre renovam a água doce.

4 - O que é preciso fazer para evitar essa crise ( da água) exercitando a cidadania?

(A) Jogar lixo nos rios e nos córregos.
(B) Lavar os carros com mangueiras.
(C)       Evitar o desperdício de água doce, reduzir a poluição, recuperar o que já foi destruído.
(D)       Esta crise não pode ser evitada, pois “uma andorinha só não faz verão”.

5 – Em sua opinião, qual o papel do poder público brasileiro  em relação à escassez da água doce?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 – O que precisamos fazer para  evitar o desperdício da água doce e reduzir a poluição?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
7 - Leia o gráfico com atenção.



a) Em que atividade se gasta mais água?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) De acordo com o gráfico, que atividade se gasta menos água?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Em sua opinião, o consumo diário de água  por família, de forma consciente, pode ser menor que o apresentado nesse gráfico? Justifique a sua resposta.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Individualmente, há o que pode ser feito em relação à problemática do texto, ou essas ações são só de caráter coletivo?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

8 – Considerando a riqueza dos recursos hídricos brasileiros, uma grave crise de água em nosso país poderia ser motivada por:

(A) reduzida área de solos agricultáveis.
(B) ausência de reservas de águas subterrâneas.
(C) escassez de rios e de grandes bacias hidrográficas.
(D) falta de tecnologia para retirar o sal da água do mar.
(E) degradação dos mananciais e desperdício no consumo.

Gabarito - E

9 - Pode-se afirmar que as principais ações humanas que  tem provocado alterações quantitativas e qualitativas da água potável são:

(A) Contaminação de lençóis freáticos e diminuição da umidade do solo.
(B) Diminuição da umidade do solo e contaminação de lençóis freáticos.
(C) Enchentes e inundações.
(D) Contaminação de lençóis freáticos, diminuição da umidade do solo, enchentes e inundações.
(E) Contaminação de lençóis freáticos e inundações.

Gabarito – D

10 - O que é preciso fazer para evitar a crise de água potável exercitando a cidadania?

(A) Jogar lixo nos rios e nos córregos.
(B) Lavar os carros com mangueiras.
(C) Evitar o desperdício da água, reduzir a poluição, recuperar o que já foi destruído.
(D) Esta crise não pode ser evitada, pois não existem meios para isso.
(E) “Deixar o barco correr.”

Gabarito – C

11 -  A água é um bem comum e cada um tem o dever de a economizar e de a utilizar com cuidado. Indique as afirmações  V ou F (verdadeiras ou falsas).

(    ) Enquanto se lavam os dentes, a louça ou se ensaboam as mãos, deve-se fechar a torneira.
(    ) É aconselhável tomar banho demorado.  
(   ) As máquinas de lavar louça e roupa devem ser utilizadas com a carga completa.
(   ) Deve utilizar-se água em abundância e com muita pressão para lavar bem os carros.

12  - Escreva, com suas palavras, o que se deve fazer para evitar o desperdício de água doce (própria para o consumo) e reduzir a poluição.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


CALCULANDO


1 - A tabela abaixo apresenta o gasto de água, em m³, de uma família durante 5 meses.

MÊS  
GASTO DE ÁGUA (m3)
Janeiro
25
Fevereiro
28
Março
20
Abril
15
Maio  
18

a) Faça o gráfico de colunas representando a situação acima. Utilize uma folha de papel quadriculado.

b) Que mês o gasto de água foi maior? Quantos litros?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Que mês o gasto de água foi meno? Quantos litros?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Quantos litros de água foram gastos nesses 5 meses?
















 Resposta: ___________________________________________
e) Exercitando as dicas de economia, o gasto de água, em m³, de uma família durante 5 meses pode ser maior ou menor que este apresentado?  Por que?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Uma torneira, que está com vazamento, goteja 8 vezes a cada minuto. Em um dia inteiro quantas vezes essa torneira irá gotejar?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

3 - Uma torneira gotejando pode desperdiçar 1.380 litros de água por mês. Considerando esse mesmo gasto, em 1 ano, quantos litros terá desperdiçado?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

4 - O reservatório de água está com apenas 63.000 litros. Sabendo que isso representa  2/4 da capacidade total, qual é a capacidade máxima deste reservatório?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

5 – O valor da conta de água de Renata, em dezembro, foi de R$ 240, 00.  Praticando algumas dicas de economia a conta do mês de janeiro teve  uma redução de 30%. Qual foi o valor dessa conta?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________








EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

A água em nosso corpo
                                  
A água, principal constituinte do corpo humano e dos outros seres vivos, é a substância que neles existe em maior quantidade. Há seres vivos que são quase inteiramente constituídos por água. 
        Uma pessoa adulta possui no seu corpo um percentual de 60% a 75% de água. A quantidade de água no organismo humano varia em função da idade, do sexo e da quantidade de tecido adiposo que a pessoa possui.
         À medida que o ser humano envelhece, a porcentagem de peso corporal total representada pela água diminui gradualmente. Já em crianças recém-nascidas, a água constitui aproximadamente 72% do peso corporal. Enfatiza-se que as mulheres, em geral, têm menos água total no organismo devido à maior quantidade de tecido adiposo subcutâneo.
A água do nosso organismo é utilizada de várias maneiras: como meio de transporte dos nutrientes, como meio onde ocorrem as transformações de materiais que mantêm o organismo funcionando, como condutor dos restos tóxicos que saem do organismo.
Diariamente perdemos cerca de 2 litros de água, eliminando-a pela transpiração, pela respiração, pela urina. Para que o organismo não fique desidratado, essa quantidade de água precisa ser reposta. Isso ocorre quando ingerimos água ou alimentos que contêm água.
Quando há falta de água em nosso organismo, sentimos sede. Essa sensação é resultado da mensagem enviada pelo cérebro ao organismo, lembrando-o da necessidade de reposição de água, que, caso não ocorra, pode resultar em desidratação.


1 - A água é importante para todos os seres vivos? Por quê?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - A água é importante para que você possa viver com saúde? Justifique.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - De acordo com o texto, qual a importância da água para o corpo humano?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 - Existe uma grande quantidade de água:

(   ) Na nossa urina e saliva.
(   ) No suor.
(   ) Na nossa urina,, saliva e lágrima, no suor e no sangue.
(   )  Só no suor e no sangue.

5 - Precisamos tomar água todos os dias? Porque?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 - Em que momento você sente necessidade de beber água?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
7 - Em que momento você percebe que a água sai do seu corpo?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
8 - O que pode  acontecer  a um organismo vivo quando, durante alguns dias, é totalmente privado de água?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 - Você sabe o que é desidratação? O que acontece se tivermos uma desidratação?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
10 - Quais são as formas de ingerir água para  o  corpo e a saúde?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
11 - Sabe-se que a água é a fonte de saúde, pois sem ela o organismo não pode realizar as funções vitais indispensáveis aos seres vivos. Escreva com suas palavras a importância da água para os seres vivos.


________________________________


________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Matemática

1 - "A água, principal constituinte do corpo humano e dos outros seres vivos, é a substância que neles existe em maior quantidade. Há seres vivos que são quase inteiramente constituídos por água."  A figura indica a percentagem de água que entra na constituição de alguns seres vivos.

Dos seres vivos representados, indique:

=> o que tem maior percentagem de água no corpo: _________________
=> o que tem menor percentagem em sua constituição: _______________
=> os que apresentam a mesma percentagem de água (65%): ___________  ___________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Transcreva os dados referentes aos animais da figura para um gráfico de setor.

















3 - Considerando que um copo de água tem 250 ml de líquido, quantos copos de água uma pessoa deve tomar por dia para satisfazer as necessidades básicas do organismo?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

4 - Quem segue uma dieta normal com café-da-manhã, lanche, almoço, outro lanche e jantar consome de 500 a 800 ml de água. Nesse caso, quantos copos de água a pessoa precisa tomar em um dia para satisfazer sua necessidade diária?

Operação: _________________________________
Calculo:







Resposta: ____________________________________

5 - Se uma pessoa “pesa” 80 kg, considerando a correspondência  mencionada na  figura da questão 1,  quanto de água tem essa pessoa em seu organismo?

Operação: _________________________________
Calculo:







Resposta: ____________________________________

6 -  A quantidade de água presente nos alimentos varia bastante. Observe na tabela abaixo quanto de água você estará ingerindo ao consumir certos alimentos.

Alimento
Água (volume)
1 cacho de uva (350 g)
280 ml
1 pote de iogurte (200 g)
160 ml
1 batata cozida (150 g)
120 ml
1 maçã (150 g)
120 ml
100 g de alface
95 ml
100 g de tomate
95 ml
100 g de brócolis
90 ml
100 g de beterraba
90 ml
1 fatia de melão (90 g)
85 ml
100 g de espinafre
80 ml
100 g de macarrão
70 ml
100 g de carne
55 ml

a) Na tabela a quantidade de alguns alimentos é diferente de 100
gramas. Faça os cálculos e descubra quantos mililitros de água há
aproximadamente em 100 gramas desses alimentos.

100g de uva
100g de iogurte
100g de batata cozida
100g de maçã
Cálculo:






R: Água (volume)=
________________
Cálculo:






R: Água (volume)=
________________
Cálculo:






R: Água (volume)=
________________
Cálculo:






R: Água (volume)=
________________

b)  Monte uma nova tabela  com os valores aproximados encontrados.
Alimento
Água (volume)









c) A partir da tabela que você montou, construa um gráfico de barras, representando o volume de água consumida pelo alimento ingerido (100g). Não esqueça do  titulo para o mesmo e  legenda.
























































































































































































































































































































































































































EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


 10/05/2014 - 19:55

Meio ambiente

A falta de água em São Paulo tem solução?

Especialistas avaliam as possíveis maneiras para sair da crise e evitar que ela se repita no futuro

Juliana Santos e Rita Loiola

Represa Jaguari, em Bragança Paulista, que faz parte do Sistema Cantareira. O nível de água do reservatório chegou a 9% da última semana (Mariana Pekin/VEJA)

A capacidade do Sistema Cantareira, reservatório que atende 9,8 milhões de paulistas – 8,4 milhões só na capital –, chegou a apenas um dígito pela primeira vez na história na última sexta-feira: 9,2%, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Um ano atrás, na mesma data, cerca de 60% do volume do sistema estava disponível. Para evitar a falta de água, a Sabesp iniciou, em março, obras que permitem a captação do chamado volume morto, porção de água que fica no fundo do reservatório, abaixo dos tubos que tiram a água e enviam para as estações de tratamento. Dezessete bombas de captação foram instaladas em março, a um custo de 80 milhões de reais, e, a partir de 15 de maio — segundo a Sabesp —, 200 dos 400 bilhões de litros que compõem o volume morto estarão disponíveis para uso.

A expectativa é que a água do volume morto garanta o abastecimento das regiões de São Paulo que dependem do Cantareira até outubro, quando inicia a estação de chuvas, e o nível do reservatório começa a subir. Para o plano dar certo, é preciso que o próximo verão seja diferente do último. Enquanto a média histórica de chuvas sobre o Sistema Cantareira é de 226,8 milímetros em dezembro, 259,9 em janeiro e 202,6 em fevereiro, em 2014 os valores registrados foram de 62,9 milímetros, 87,8 e 73,0, respectivamente. A queda abrupta, segundo Alexandre Nascimento, meteorologista da Climatempo, ocorreu devido a uma massa de ar seco na região durante o verão, que impediu a chegada de frentes frias vindas da América do Sul. "A previsão para a virada de 2014 para 2015 é de chuvas dentro da média. Se isso se concretizar, a situação do Sistema Cantareira deve se estabilizar novamente em 2016", afirma.

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, anunciou para este semestre a aplicação de multas para quem aumentasse o consumo de água. Se aprovada, a medida vai se somar ao desconto de 30% para quem economizar ao menos 20%, em vigência desde fevereiro. "A razão desta situação em que São Paulo se encontra é a falta de planejamento", afirma Ivanildo Hespanhol, diretor do Centro Internacional de Referência em Reúso de Água (Cirra), da Universidade de São Paulo. Para ele, a forma como o Estado lida com o problema de abastecimento hídrico é atrasada. "Nós continuamos fazendo a mesma coisa que os romanos há 2.000 anos: trazendo a água de cada vez mais longe", critica.

Especialistas ouvidos pelo site de VEJA concordam que não existe uma saída única e rápida para o problema hídrico da metrópole. Ações que ajudam a evitar crises futuras demandam tempo e investimento, não apenas do governo, mas da sociedade como um todo. Confira a seguir análises sobre diversas possibilidades — algumas mais viáveis que outras — de soluções a curto e longo prazo para o abastecimento de São Paulo.

Rodízio de água — A possibilidade de um rodízio do abastecimento de água tem sido descartada pelas autoridades. Na visão dos especialistas, porém, caso a torneira seque antes que a água do volume morto entre no cano ou a água extraída dele não seja suficiente para abastecer a região até que as chuvas encham o reservatório novamente, a medida pode ser inevitável. Para Ivanildo Hespanhol, o rodízio deve ser realmente a última alternativa, porque prejudica a qualidade da água. Quando o abastecimento de uma tubulação é interrompido, a água continua sendo utilizada pela população até que o tubo se esvazie completamente. Esse mecanismo gera uma pressão negativa, que cria sucção dentro do tubo. "Como a rede apresenta trincas e vazamentos, acaba aspirando a carga poluidora do solo. Quando a água volta a percorrer esse túnel, leva as impurezas junto com ela", explica.

Redução da perda de água tratada — A perda de água tratada em São Paulo está em torno de 25%. Apesar de ser melhor do que a média brasileira — cerca de 40% — o índice ainda é considerado bem longe do ideal. Parte dessa perda se deve a vazamentos de tubulação, que muitas vezes acumulam décadas de uso, prejudicando o sistema. Um levantamento feito pela Sabesp mostrou que metade do sistema de abastecimento que atende bairros como Perdizes (Zona Oeste), Moema (Zona Sul), Tatuapé (Zona Leste) e Sé (Centro) tem mais de trinta anos de uso. Segundo especialistas, a tubulação de algumas regiões chega a sessenta anos. "O índice de perda tem que baixar para aproximadamente 10%, um desperdício dentro dos parâmetros internacionais", afirma João Luiz Brandão, professor do Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos da USP (EESC-USP).

O custo de localizar e reparar a rede é alto — é necessário quebrar o asfalto, interromper a circulação de veículos, trocar a tubulação e tapar o asfalto de novo —, de modo que sempre foi mais barato e fácil buscar água em outra fonte e continuar com os vazamentos. "Mas chegamos a um ponto em que não tem de onde trazer água. A alternativa mais barata não está mais disponível”, afirma Antônio Carlos Zuffo, professor da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Mudança de hábitos culturais — Pensar que São Paulo é uma região com grande disponibilidade de recursos hídricos é um erro comum entre seus habitantes. Apesar de o Brasil deter 12% das reservas de água doce do planeta, a maior parte desses recursos encontra-se na região Norte do país. "A primeira coisa que a gente tem que fazer para reduzir o consumo de água é mudar a nossa cultura de abundância", afirma Hespanhol. E também é um equívoco acreditar que os grandes "ladrões" de água são a indústria ou a agricultura. “A parte de água de nossos reservatórios destinada à agricultura é irrelevante, apenas 3%. Para a indústria, vão outros 17% e os 80% restantes são de uso urbano”, diz José Carlos Mierzwa, professor do departamento de engenharia hidráulica e sanitária da Escola Politécnica da USP.

Por isso, o primeiro passo para a economia de água é a educação ambiental. Devem ser incentivados comportamentos simples, como tomar banhos mais rápidos e não lavar carros e calçadas com mangueiras. Outra iniciativa é trocar equipamentos hidráulicos nas residências por aqueles que consomem menos água — vasos sanitários são grandes vilões no consumo de água doméstico. As privadas mais antigas foram projetadas para eliminar 20 litros de água cada vez que a descarga é acionada. "Desde 1982, uma norma brasileira recomenda que os vasos usem apenas 6 litros. Hoje, praticamente só são comercializados vasos com o volume reduzido, mas existem prédios anteriores com o equipamento velho", diz o professor.

Despoluição dos rios Tietê e Pinheiros — Despoluir e utilizar as águas desses dois rios da região metropolitana não é, até o momento, uma opção considerada viável pelos especialistas. "Hoje não vejo como utilizar o Tietê e o Pinheiros. Além da qualidade da água ser ruim, os rios recebem muita poluição difusa, aquela que é carregada pela chuva que 'lava' a cidade, contendo às vezes poluentes altamente tóxicos", afirma João Luiz Brandão. Já existe, porém, o Sistema Alto Tietê, que capta água perto da cabeceira do rio, com melhor qualidade, que abastece a zona Leste de São Paulo e municípios como Mogi das Cruzes, Poá e Suzano.


1 – Qual é o assunto da reportagem?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Qual foi a intenção das autoras ao escrever essa reportagem?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - O que de mais importante você  observou nesse texto?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 - Quais foram as palavras que levaram você a consultar um dicionário para a compreensão de uma frase?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5 -  Do que foi lido, o que você  considerou uma nova informação sobre o assunto em pauta?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 – Das possibilidades  apresentadas no texto para o abastecimento de água em São Paulo, quais você considera mais importantes? Justifique sua resposta.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
7 - "A primeira coisa que a gente tem que fazer para reduzir o consumo de água é mudar a nossa cultura de abundância, ...”O que essa expressão significa?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
8 - O que você e sua família podem fazer para ajudar as pessoas a terem consciência e não fazerem desperdício de água em suas casas?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
9 - Em seu caderno, elabore um resumo dessa reportagem.

Lembrete
O resumo tem por objetivo dar uma visão rápida ao leitor, para que ele possa decidir sobre a conveniência da leitura do texto inteiro.
Segundo a  ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas – NBR 6023: 2003) resumo é a “apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento”. A  linguagem empregada deve ser objetiva, clara e concisa.

Procedimentos:
1 - Leia atentamente o texto, a fim de conhecer o assunto (saber do que se trata) e assimilar as ideias principais.
2 - Leia novamente o texto, sublinhando as partes mais importantes, ou anotando à parte os pontos que devem ser conservados.
3 -  Resuma cada parágrafo separadamente, mantendo a sequência de ideias do texto original.
4 -  Agora, faça seu próprio resumo, unindo os parágrafos, ou fazendo quaisquer adaptações conforme desejar.
5 - Evite copiar partes do texto original. Procure exercitar seu vocabulário. Mantenha, porém, o nível de linguagem do autor.
6 - Não se envolva nem participe do texto. Limite-se a sintetizá-lo.
7 - Verificar se está havendo coerência e sequência lógica entre os parágrafos resumidos, para fazer os ajustes necessários.






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


PEQUENAS ATITUDES QUE FAZEM DIFERENÇA


1- Esse texto fala sobre: 

(  ) Que todo mundo gasta água.
(  ) Dicas sobre como economizar água.
(  ) Como os seres vivos precisam de água.
(  ) Ensina a escovar os dentes.

2 - Assinale as atitudes corretas para economizar a água:

(   ) Fechar a torneira enquanto escova os dentes.
(   ) Lavar a calçada com a mangueira de água.
(   ) Tomar banhos rápidos e fechar a torneira enquanto ensaboa o corpo.
(   ) Lavar o carro com a mangueira de água toda semana pra ele ficar limpinho.

3 -  O que você diria para convencer uma pessoa que não tem o costume de evitar o desperdício de água a mudar de atitude?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 -  Se uma pessoa escova os dentes em cinco minutos com a torneira não muito aberta, gasta 12 litros de água. No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 11,5 litros de água.  Quantos litros essa pessoa poderá economizar por dia , mês e ano.

Operação: _________________________________
Calculo:





Resposta: ____________________________________

5 - Uma família com 2 duas pessoas consome 12m³ de água a cada 30 dias. Se mais uma  pessoa com os mesmos hábitos de consumo se juntar a ela, quantos metros cúbicos de água eles consumirão em uma semana?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

6 - De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 m³ pessoa/mês de consumo de água.
Em relação aos dados da questão anterior (2), essas pessoas estão economizando ou desperdiçando água. Justifique sua resposta.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

7 - Observe na ilustração o desperdício de água causado pelo “pinga-pinga”:
a) Em gotejamento rápido, quantos litros de água são desperdiçados durante seis meses?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

b) Em seis meses, quantos litros seriam desperdiçados em gotejamento contínuo?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

c) Qual é a diferença, em litros, entre os dois tipos de gotejamento (o rápido e o contínuo)?

Operação: _________________________________
Calculo:






Resposta: ____________________________________

8 – Maria  fez uma tabela mostrando a quantidade de água que gastava em algumas de suas atividades domésticas.
 
Para economizar água, ela reduziu a lavagem de roupa a 3 vezes por semana, o banho diário a 5 minutos e a lavagem semanal do carro a apenas um balde de 10 litros.
Quantos litros de água ela passou a economizar por semana?

A) 1010                              Calculo:
B) 1110
C) 1210
D) 1211
E) 1310

9 -  Há, em virtude da demanda crescente de economia de água, equipamentos e utensílios como, por exemplo, as bacias sanitárias ecológicas, que utilizam 6 litros de água por descarga em vez dos 15 litros utilizados por bacias sanitárias não ecológicas, conforme dados da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
Qual será a economia diária de água obtida por meio da substituição de uma bacia sanitária não ecológica, que gasta cerca de 60 litros por dia com a descarga, por uma bacia sanitária ecológica?

a) 24 litros.                   Calculo:
b) 36 litros.
c) 40 litros.
d) 42 litros.
e) 50 litros.

10 - O vazamento de água no cano de uma torneira, causado por buraco do tamanho da cabeça de um prego, desperdiça 3200 litros de água por dia. Nesse caso, são desperdiçados por hora aproximadamente.

a) 53,2 litros de água                               Cálculo:
b) 100,0 litros de água
c) 133,3 litros de água   (X)
d) 224,5 litros de água
e) 320,0 litros de água



Para casa

1 - Apresentando os  dados consumo de água de sua residência.

=> Faça a leitura da conta de água de sua residência e  acompanhe o consumo de água durante os cinco meses seguintes, realizando cálculos que permitirão saber a porcentagem média de economia realizada ou até mesmo a quantidade total de metros cúbicos poupados.
Utilize a tabela abaixo, na qual, o preenchimento é relativamente simples, bastando realizar os cálculos com os sinais matemáticos presentes entre os quadros dos valores.


Observação:  Não haverá problema se em algum mês não conseguir reduzir o consumo. Se o valor for igual ao mês inicial (mês base) a porcentagem de economia será igual a zero. Se o consumo for maior o resultado seria negativo, então basta não preencher o respectivo quadro e deixar a porcentagem de economia em zero também.



2 - Entrevista com familiares

Nome do entrevistado:____________________________________

1 – De onde vem a água que abastece a sua casa?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Essa vem de um rio? Em caso afirmativo: Qual é o nome do rio?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - Esse rio está poluído? Por quê?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 - O que você sabe sobre o volume de água desse rio?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5  - Quando você está escovando os dentes você deixa a torneira da pia:

(   ) Aberta, pois vai utilizar a água para enxaguar a boca daqui a pouco.    
(   ) Fechada, para não gastar água enquanto escova os dentes.

6 -  Ao tomar banho você:

(   ) Fica muito tempo embaixo do chuveiro, pois adora cantar tomando banho. 
(    ) Toma um banho rápido e fecha a torneira enquanto está se ensaboando.

7 - Para limpar a casa você utiliza a água:

(   ) Que usou para lavar roupa.
(   ) Da torneira que está limpa e não suja a casa.

8 - Para limpar o quintal você:

(   ) Usa a vassoura.
(   ) Usa a mangueira de água.

9 -  Quando está lavando louça você:

(   ) Ensaboa tudo e depois enxagua  de uma vez.
(   ) Fica com a torneira ligada o tempo todo.

10 – É atento (a)  quanto a vazamento de água no cano de uma torneira, de um chuveiro?

(   ) Sempre.                   (   )  As vezes.                         (   ) Nunca.

11 – Ao ver um vazamento na rua, você comunica aos órgãos responsáveis imediatamente?

(   ) Não.                        (   )  Sim.                           (   ) Não.

12 - Você também reduz o uso de energia elétrica?

(   ) Sempre.                   (   )  As vezes.                         (   ) Nunca.

Avaliando
De acordo com a sua opinião, a pessoa que você entrevistou pode ser avaliada como:
(   ) Muito econômica e ecologicamente correta.
(   ) Precisa melhorar, mas está no caminho da economia.
(   ) Está contribuindo para a água do planeta acabar.
(   ) É um colaborador,  adota o uso social da água.

Mostre os dados dessa entrevista em tabelas e  gráficos.






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________




1 - Para você, qual é o principal objetivo do texto?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 – Qual é o assunto desse texto?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3 - Das ações citadas no texto liste as que as pessoas da sua casa já praticam diariamente.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 – Entre as ações de uso consciente da água citadas no texto, quais ainda não foram realizadas em sua casa? Justifique.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5 -  Em grupo, faça cartazes com o tema “Cuidados com a água” e espalhe-os pela escola como um alerta a todos.


FAZENDO CÁLCULOS

1 – Faça os cálculos correspondentes ao consumo de água da sua família.

a) Calcule quanto a sua família gasta de água em um dia. Para isso, considere os valores da tabela abaixo, para cada atividade, por pessoa:

Tabela 1
Atividade  (por pessoa)

Tempo gasto
Tempo gasto Consumo de água com torneira
meio aberta (estimativa)

Escovar dentes
5 minutos
12 litros
Fazer barba
5 minutos
12 litros
Tomar banho
15 minutos
45 litros
Lavar louça
15 minutos
117 litros
Máquina de lavar
roupa

O necessário para lavar
5 kg de roupa
135 litros
Atenção: nas atividades escovar dentes, lavar louça e  tomar banho não se esqueça de multiplicar pelo número de pessoas da sua casa, incluindo você. Considerar também o número de vezes que a atividade é executada por dia. Para a atividade fazer barba,  conte apenas as pessoas da sua casa que fazem barba diariamente. O consumo da máquina de lavar roupa deve ser considerado para toda a família.

b) Pegue o resultado do consumo por dia (considerando o total de moradores de sua casa) e multiplique para obter o consumo em um mês.

Calculo:







Resposta: ____________________________________

c) Agora, calcule quanto a sua família gasta de água em um dia fazendo economia.

Atividade  (por pessoa)

Tempo gasto
Consumo de água com torneira
fechada enquanto se trabalha
(recomendado

Escovar dentes
5 minutos
0,5  litros
Fazer barba
5 minutos
2 litros
Tomar banho
15 minutos
15 litros
Lavar louça
15 minutos
20 litros
Máquina de lavar
roupa

O necessário para lavar
5 kg de roupa
135 litros

d) Também pegue o resultado do consumo por dia (considerando o total de moradores de sua casa) e multiplique para obter o consumo em um mês.

Calculo:








Resposta: ____________________________________

e) Calcule o consumo de água de sua família por mês e indique quantos litros foram economizados.

Consumo de água com torneira fechada enquanto se trabalha (recomendado)
Calculo:










2 - Na tabela abaixo marque quais as ações que a sua família conseguiu realizar, as que já haviam sido realizadas e as que não foram possíveis de realizar.

Ações  para promover a economia de água
Ação para economia de água
Realizada anteriormente
Difícil de realizar
Realizada durante a atividade
 Evitar banhos demorados



Fechar a água ao ensaboar o corpo e cabelo



 Varrer a calçada antes de lavar;



Utilizar água da chuva para molhar as plantas



Trocar a caixa de descarga (por uma que tenha controle da vazão de água)



Fechar a torneira ao lavar a louça



Consertar torneiras com vazamento








O assunto em charges

EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

1 – Leia a charge abaixo com atenção.


a) Que sensações a imagem te provoca? 
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

a)   Escreva o que você entendeu desta charge
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Explique a crítica  presente nesta charge.
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Dê um título à charge.
_____________________________________________________________________________________________________________________



EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________
  
1 - Leia a charge abaixo para responder as questões que seguem:



a) Geralmente o chargista critica problemas sociais por meio do humor. O que está sendo criticado nessa charge? Comente.
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) Que título você sugere para essa charge? Justifique.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
a)   Quais as possíveis leituras que poderiam ser feitas a partir desta charge? 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Qual o papel do poder público em relação à escassez da água doce em muitos países do mundo?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b)   Individualmente, há o que pode ser feito em relação à problemática do texto, ou essas ações são de caráter coletivo?





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

1 -  Leia a seguinte charge.

a)  - Explique o título da charge.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) Qual é o assunto tratado nessa charge?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) As características do espaço apresentado nessa charge lembra a paisagem de uma parte de uma das cinco regiões brasileira. Qual é essa região?
______________________________________________________________________________________________­­­­­­­­­­­­________________________
d)   Qual o papel do poder público em relação à escassez da água doce na região retratada nessa charge e outras partes do Brasil?  
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
e)   Produza um texto relacionando o conteúdo das imagens e o problema da seca no nordeste brasileiro.






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

1 - Observe a charge.



a) Observe a cena e escreva um título para essa charge.
____________________________________________________________________________________________________________________
b) Essa charge é referente a que assunto?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) O que está sendo criticado nessa charge? Você concorda com o autor? Justifique.
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________






EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


1 - Observe a charge e responda:

a) Que tipo de texto é esse?
______________________________________________________________________________________________________________________
b) Quem são os personagens?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Sobre o que os peixes estão falando?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Que lugar acontece a história?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
e) Descreva como está esse ambiente em que os peixes se encontram.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
f) “QUEM TEM QUE FAZER ALGUMA COISA SÃO OS HUMANOS.” O que significa a expressão?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
g) Quais os tipos de lixos que aparecem no fundo do rio?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
h) Quando ele diz “SÓ FIZ O QUE FAÇO SEMPRE...NADA!”, uma dessas palavras tem duplo sentido, e é exatamente o que dá humor à charge. Explique!
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
i) Qual é a finalidade da charge?
___________________________________________________
___________________________________________________
___________________________________________________
___________________________________________________
2 - A destinação inadequada do lixo pode desencadear vários problemas socioambientais, como, por exemplo, poluição do solo, da água, entupimento de bueiros e poluição visual.
Escreva o que você diria para convencer uma pessoa que não tem o costume de destinar  o lixo doméstico ao local certo a mudar de atitude.


__________________________________________

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________





EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________


1 -  Observe a charge a seguir.




a)   Sobre a poluição das águas denunciada na charge, assinale a alternativa correta.

(A) A contaminação dos peixes não representa, em regra, um grande perigo para a população que se alimenta deles.
(B) A relação sociedade-natureza resultou em um estado de desequilíbrio nos ambientes aquáticos, particularmente nos oceanos e mares.
(C) Em sua relação com a natureza, a sociedade reserva os oceanos e os mares para absorção dos seus dejetos e purificação das águas, devido à sua capacidade auto depurativa.
(D) O lixo hospitalar é tratado de forma adequada antes de ser jogado nos ambientes aquáticos, por isso não se constitui em grandes riscos ao ambiente.
(E) Os diversos fatores químicos, físicos e biológicos presentes em ambientes marinhos atuam em favor da recuperação das águas.

b) Escreva as possíveis consequências as pessoas e os animais aquáticos decorrentes desses  tipos de lixos que aparecem no fundo do rio.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

c) Pesquise e escreva qual deve ser o destino correto do lixo hospitalar.

d) Qual deve ser o papel das autoridades responsáveis a respeito desse problema? E da população? 
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

O assunto em quadrinhos


EMEF.: ________________________________________________
ALUNO (A): __________________________________________

1 – Observe a cena.

a) Que tipo de texto é esse? Justifique sua resposta.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 b) Quem são os personagens?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Que lugar acontece a história?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Segundo a sua opinião, essa imagem é humorada? Justifique.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
e) Essa cena faz referência a que assunto?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 - Em sua opinião, a crise de abastecimento de água que assola São Paulo, em especial a capital, o que o governo estadual deveria ter feito para evitar a falta de água? E a população?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________________________
3 - De acordo com as reportagens, notícias sobre a escassez de água em São Paulo,  quais são as perspectivas para o futuro e as possíveis soluções para o problema?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4 - Em sua opinião, o que as pessoas devem fazer para ajudar a solucionar esse problema?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



VIDEOS:
* Como economizar a água - https://www.youtube.com/watch?v=xJ-qPpfI5vY

"CARTA 2070" Publicada na revista "Crônicas de los Tiempos" em abril de 2002. Descreve a catástrofe da humanidade pela falta de água no planeta. Música Planeta Água interpretada pela dupla Mano e Matheus.




* Rio Amazonas - Planeta Água - https://www.youtube.com/watch?v=25j5VE0Y_N4

* Série Planeta – Água - https://www.youtube.com/watch?v=pPCyPUXuKzg

* ALTER DO CHÃO - O maior reservatório subterrâneo d'água doce do
Planeta//Amazônia-Brasil - https://www.youtube.com/watch?v=cw5E3fvIFPs



LIVROS SOBRE O TEMA: ÁGUA

TANTA ÁGUA
Autora: Marta Bouissou Morais
Editora: Dimensão. 2011
            É um livro que oferece ao aluno iniciante do ensino fundamental oportunidade de refletir sobre a importância dos recursos hídricos para a vida na Terra, além de medidas para a conservação deste recurso.

Cadernos de Educação Ambiental Água para Vida , Água para Todos: Livro das Águas / Andrée de Ridder Vieira, texto; Larissa Costa e Samuel Roiphe Barrêto coordenação – Brasília: WWF-Brasil, 2006
            Material educativo que objetiva envolver as pessoas com o cuidado das águas do Brasil. Traz  um conjunto de informações sobre a situação das águas no país e visa estimular a pesquisa, a vontade de conhecer e de participar no seu cuidado e gestão. Sugere  uma série de ações e práticas para sensibilizar,
construir conhecimentos, despertar a criatividade ao lidar com questões ambientais e chamar pessoas e grupos à ação pelo meio ambiente.

O Atlas da Água
Autor: Clarke, Robin; King, Jannet
Editora: Publifolha.  2005
            Nesse livro os pesquisadores americanos, Robin Clarke e Jannet King, fala da escassez de água no planeta e os modos como o líquido vem sendo utilizado em 169 países, com um capítulo especial para o Brasil. Eles alertam: as guerras no século XXI serão pela água.

Uso Inteligente da Água
Autor:  Aldo da Costa Rebouças
Editora: Escrituras. 2004
            Nesse livro o autor mostra que há várias maneiras de usar a água de forma correta, que a abundância no Brasil não autoriza o desperdício e muito menos o descaso. A obra discute formas eficientes de usar a água disponível, pois não se trata apenas de conseguir mais água, mas sim, de usar da que dispomos com inteligência.

Manual de Utilização das Águas Pluviais
Autor: Roberto Fendrich & Rogerio Oliynik
Editora: Chain, 2002
            Esse livro trata da coleta, armazenamento, utilização e infiltração das águas pluviais. Não apresenta tratamento científico na utilização das águas pluviais. É um manual prático repleto de muitas ideias que qualquer pessoa poderá utilizar.

Cidade das Águas : Usos de Rios , Córregos , Bicas e Chafarizes em São Paulo (1822 - 1901)
 Autor: Sant'anna, Denise Bernuzzi de Santanna
 Editora: Senac São Paulo. 2000
            Nesse livro está reconstituído  um período crucial da megalópole que se desenvolveu em função de rios e córregos: as primeiras canalizações, as tentativas de organização no abastecimento, a disseminação das práticas higienistas que transformaram os costumes da sociedade. Os relatos do cotidiano da cidade de São Paulo então predominantemente fluvial entretêm, informam e ao mesmo tempo conduzem a uma reflexão sobre a utilização racional da água.

Geografia Política da Água
Autor: Ribeiro, Wagner Costa
 Editora: Annablume. 2008
            Esse livro apresenta uma importante reflexão sobre a situação da governança global da água. Discute os aspectos relacionados com a geopolítica da água, o potencial quadro de crise da água, que está cada vez mais próximo, e os esforços da sociedade planetária em estabelecer metas, além do fato dos resultados até agora obtidos serem indutores de conflitos por água. O principal desafio que o livro nos apresenta é de ampliar o debate, pouco explícito ainda sobre a necessidade de refletir sobre a lógica de governança da água prevalecente. Para tanto, cabe promover de forma consistente e continuada práticas públicas e sociais que estimulem maior corresponsabilidade  na gestão e uso da água, reduzindo o desperdício e estabelecendo mecanismos de controle quanto à sua mercantilização.

Como Usar Água e Energia Sem Desperdício - 50 Formas Inteligentes de Preservar o Planeta
Autor:  Sian Berry
Editora: Publifolha.2009
Esse livro mostra como é possível usar água e energia de maneira consciente em casa, no trabalho e na rua, através de 50 medidas simples, que não demandam grande investimento de dinheiro, tempo, esforço ou espaço e ainda ajudam a diminuir as contas de luz e energia.

A Reutilização da Água - Mais uma Chance para Nós
Autor: Luiz Augusto Rodrigues da Luz
Editora: Qualitymark. 2005
Nesse livro, o ambientalista Luiz Augusto Rodrigues, faz uma análise do cenário atual do consumo de água potável no mundo e ensina como devemos agir para reduzir gastos e reutilizá-la. Inicialmente, o autor apresenta a origem dessa seiva da vida na Terra, depois passa pelos projetos e sistemas de tratamentos em grandes empresas da área petroquímica e, por fim, nos dá dicas de economia em seu consumo. Mais do que um manual de conscientização, A Reutilização da Água é um livro que nos incita a atuar como agentes no cuidado e na preservação desse bem tão precioso de nosso planeta.

Guerras Por Água - Privatização , Poluição e Lucro
Autor: Vandana Shiva
Editora: Radical Livros. 2006
A autora expõe a destruição da Terra e a privação de direitos da população mais pobre do planeta conforme seu direito a um bem comum como a água lhe é tirado; mostra como muitos dos mais importantes conflitos do nosso tempo, na maioria das vezes camuflados como guerras étnicas ou religiosas, tais como o contínuo conflito entre israelenses e palestinos, são na verdade conflitos por recursos naturais vitais mas escassos.

Água Futuro Azul
Autor: Maude Barlow
Tradutor:  Jorge Ritter
Editora: M.Books. 2014
É um livro para quem é estudante ou profissional da área ambiental, ou mesmo, para quem quer apenas entender como pode contribuir para que possamos cuidar melhor de nossas águas, ler este livro é uma oportunidade de aprender e refletir um pouco mais sobre a temática.



LEITURA COMPLEMENTAR

A importância da água para o organismo humano


A água é um componente essencial de todos os tecidos corpóreos. Ela constitui mais de 60% do organismo humano e praticamente em todas as funções necessárias à vida. Depois do oxigênio é da ausência de água que mais o organismo sentirá falta, daí a importância de ser mantida uma boa hidratação corporal.

Benefícios da água:
Ø A água desempenha papel chave na estrutura e função do sistema circulatório.
Ø A água atua como meio de transporte para os nutrientes e todas as substâncias corpóreas.
Ø A água é essencial para os processos fisiológicos de digestão, absorção e excreção (auxiliando no processo de detoxificação).
Ø A água regula a temperatura corporal.
Ø A água age como lubrificante em diversos órgãos e articulações.
Ø Recomenda-se entre 30 e35ml de água/kg de peso corpóreo por dia.

Curiosidades: 
Ø A ausência de água possui efeito mais intenso sobre a capacidade do organismo em exercer uma tarefa do que a falta de quaisquer outros nutrientes.
Ø A redução entre 4 e 5% da água corpórea reduz 20 a 30% a capacidade de trabalho de órgãos e sistemas.
Ø Sem água, o corpo humano só continuará funcionando por 2 ou 3 dias.
Ø O corpo não possui condição para armazenamento de água, portanto a quantidade de água perdida a cada 24 horas deve ser reposta.
Ø A água ingerida é rapidamente absorvida, sendo de alta digestibilidade,  20 minutos após penetrar no estômago já está no intestino.



Falta de água em São Paulo é a chegada do futuro?

27 de abril de 2014

No ano de 1976 o diretor de cinema Nicolas Roeg lançou o filme O homem que caiu na Terra, com David Bowie, sobre um alienígena que deixa sua família para vir à Terra, com o objetivo de salvar o seu planeta do problema da absoluta falta d'água. Eles eram ricos mas não tinham mais água.
No Brasil, as recentes noticias sobre a ausência de chuvas em São Paulo e a possibilidade de racionamento da água potável levam inevitavelmente à lembrança daquele clássico filme. Estamos vivendo o início de uma fase crítica na área dos recursos hídricos?
Quem acompanha o assunto sabe que o ensaio dramático paulista, representado pelo colapso do Sistema Cantareira, não é único nem isolado. Muito embora tenhamos 13,7% da água doce do mundo, os problemas vêm se avolumando. Eles são seculares no Nordeste e agravam-se em outras regiões, por motivos diversos. Fiquemos no exemplo mais significativo. Manaus, localizada às margens do rio Negro e no meio da selva amazônica, sofre contínuos problemas por falta de água, sendo que em novembro de 2013, 80% da população ficou sem o líquido (leia mais aqui).
Quando surge um problema de maior repercussão, como o abastecimento da cidade de São Paulo, as reações são sempre as piores. Procuram-se vilões, explora-se o fato politicamente com acusações pouco claras, mas com finalidade óbvia de obtenção de apoio popular, “descobre-se” que há perda de água por má conservação da tubulação, instaura-se inquérito civil para apurar responsabilidades e tudo volta à normalidade tão logo a chuva se encarregue de amenizar o risco. A situação é grave e deve ser encarada com mais razão e menos emoção.
O primeiro passo é ter em mente que o problema não é apenas nacional, mas sim mundial. A falta e a disputa pela água têm gerado conflitos em todos os continentes. Em 1990, na Guerra do Golfo, o Iraque detonou os reservatórios de dessalinização de água do Kuwait e envenenou suas águas. Os Estados Unidos garantiram ao México 1,8 quilômetros cúbicos das  águas do Rio Colorado. Só que, ao chegarem ao México, elas estavam salgadas, obrigando os americanos a construir, em 1973, a caríssima Usina de Yuma para dessalinalizar a água destinada ao país vizinho. Sabe-se que “há anos, Israel e Síria disputam as Colinas de Golã, uma área de morros cobertos de gelo, mas que abriga as nascentes do Rio Jordão, fundamental para o abastecimento do Oriente Médio”.
Não podemos dar solução aos problemas do globo terrestre. Todavia, podemos e devemos por obrigação constitucional com as futuras gerações (artigo 225), tentar pôr o problema sob controle a nível nacional. E isto deve ser feito conhecendo nossas falhas, reconhecendo que contribuímos todos para esta situação, por ação ou por omissão.
Imaginemos sete pecados capitais: desperdício e má educação ambiental, problemas de tubulação, agricultura não sustentável, gratuidade, ausência de estímulos para economizar, aumento da população e ausência de sanções. Vejamos:
1º) A educação ambiental está prevista na Lei da Política Nacional do Meio Ambiente, que é de 1981. Mas avança muito lentamente. São quase inexistentes ONGs que zelem pela preservação da água. Poucos se insurgem contra o gasto excessivo como, por exemplo, a limpeza da calçada com jatos de alta pressão ao invés de uma simples vassoura. Por outro lado, o desperdício é enorme. Desde a ineficiência do Poder Público até o gasto inútil nas atividades diárias (p. ex., longos banhos).
2º) Problemas de tubulação a gerar perda d´água são comuns, fruto do descaso administrativo. Referindo-se à empresa de saneamento de São Paulo, Sabesp, reportagem do jornal Estado de São Paulo apurou que “em 2013 a empresa perdeu 31´2% de toda a água produzida entre a estação de tratamento e a caixa d´água dos consumidores, conforme o Estado revelou em fevereiro. O índice representa cerca de 950 bilhões de litros...” (23.4.2014, A13).
3º) A agricultura é necessária, precisamos todos de alimentos. Porém, é bom lembrar que a produção de apenas 1 quilo de trigo significa o gasto entre 500 e 4.000 litros de água. A plantação de arroz também importa em enorme consumo. Ora, sendo a água bem econômico de domínio público e não privado, não se compreende porque até hoje não foi cumprida a Lei 9.433 de 1997, que no art. 12 permite a sua cobrança.
4º) Na linha do que foi dito no item anterior, apesar de ter valor econômico reconhecido pelo art. 1º, inc. II da Lei 9.433/97,  a água é grátis. E ninguém se anima a apresentar projeto de lei propondo a sua cobrança, porque seria impopular e traria reflexos nos votos da eleição subsequente. No entanto, não se valoriza aquilo que não se paga. Já chegou o momento de estabelecer-se o mínimo necessário a cada pessoa para suas necessidades e o que passar deste mínimo ser cobrado. Nesta linha, observe-se que a subtração de água é furto, ou seja, o crime previsto no art. 155 do Código Penal.
5º) É preciso dar estímulo para a preservação de nascentes. Não basta processar aquele que não preserva as áreas de preservação permanente de seu imóvel. É preciso também dar-lhe algum tipo de vantagem. E isto já vem sendo feito por vários municípios. Por exemplo, em São José dos Pinhais, PR, os produtores rurais de Bacia do Rio Miringuava, desde que adotem as práticas do programa “Produtor de Água”, receberão valores que ser poderão superiores a R$ 20.000,00 anuais (Gazeta do Povo, 23.11.2013, p. 4). A propósito do tema, vide livro de Carlos Geraldo Teixeira, “Preservação de Nascentes – o pagamento por serviços ambientais ao pequeno ruralista provedor”, ed. Del Rey.
6º) Aumento de população: o aumento ou a má distribuição da população também constitui um problema do Estado. Se os recursos naturais são os mesmos, é inevitável que o aumento descontrolado de pessoas em uma região, seja pela multiplicação natural ou pelo deslocamento, vai gerar problemas de consumo da água. Assistir impassível este fato é adiar um problema inevitável.
7º) Ausência de sanções. O desperdício não deve ser tratado como mera falta de educação, mas sim ser objeto de sanção administrativa, quiçá penal em casos extremos. Por exemplo, o condomínio que não discrimina os gastos particulares de cada condômino deve ser sancionado com autuação administrativa. Isto certamente levaria o síndico a posicionar-se de forma enérgica e, consequentemente, a serem definidas as responsabilidades pelos gastos de cada habitação. Por outro lado, aqueles que em edificação urbana deixam de conectar seu imóvel ás redes de abastecimento de água e de esgoto, mesmo que notificados pela autoridade administrativa, devem ser responsabilizados criminalmente. A criminalização, ainda que apenada de forma branda e submetida ao Juizado Especial Criminal, terá efeito intimidatório.
Em suma, o problema da falta d'água está posto, não é mais uma quimera de realização possível em 2025. Para enfrentá-lo é preciso disposição e criatividade. Não há uma solução única, mas sim várias a serem adotadas com determinação. Desde a cobrança (por exemplo, a Dinamarca) até soluções como a  “da remota vila de Baontha-Koyala, no noroeste da Índia. Seus habitantes não tinham uma gota d’água para beber até meados da década de 80. No final dos anos 90, recuperaram seus lençóis subterrâneos e o principal rio da região voltou a ter água. O que fizeram? Simples. Cavaram poços no quintal das casas para recolher água de chuva. É o óbvio. Mas ninguém havia feito antes” (Cláudio Ângelo e outros.)

Vladimir Passos de Freitas é desembargador federal aposentado do TRF 4ª Região, onde foi presidente, e professor doutor de Direito Ambiental da PUC-PR.

Revista Consultor Jurídico, 27 de abril de 2014.

 


DATAS COMEMORATIVAS - historia do Dia da Água


O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.
No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.
Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.


Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos. 
Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem. 
Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia. 
Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam. 
Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras. 
Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo. 
Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis. 
Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado. 
Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social. 
Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.





Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra. 
Frases sobre o Dia Mundial da Água:
- Água é vida. Vamos usar com inteligência para que ela nunca falte.
- O futuro de nosso planeta depende da forma com que usamos a água hoje.
- Todo dia é dia de água, pois ela está presente em tudo e em todos.
- O Dia Mundial da Água não é só para pensar, mas principalmente para agir: vamos usar este recurso natural com sabedoria para que ele nunca acabe.
- Sem a água não haveria vida na Terra! Pense nisso neste Dia Mundial da Água.



A crise de falta d´água em São Paulo tem solução?

A capacidade do Sistema Cantareira, reservatório que atende 9,8 milhões de paulistas – 8,4 milhões só na capital –, chegou a apenas um dígito pela primeira vez na história na última sexta-feira: 9,2%, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Um ano atrás, na mesma data, cerca de 60% do volume do sistema estava disponível. Para evitar a falta de água, a Sabesp iniciou, em março, obras que permitem a captação do chamado volume morto, porção de água que fica no fundo do reservatório, abaixo dos tubos que tiram a água e enviam para as estações de tratamento. Dezessete bombas de captação foram instaladas em março, a um custo de 80 milhões de reais, e, a partir de 15 de maio — segundo a Sabesp —, 200 dos 400 bilhões de litros que compõem o volume morto estarão disponíveis para uso. ( 10/05 /2014)

ALGUMAS POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO
Rodízio de água — A possibilidade de um rodízio do abastecimento de água tem sido descartada pelas autoridades. Na visão dos especialistas, porém, caso a torneira seque antes que a água do volume morto entre no cano ou a água extraída dele não seja suficiente para abastecer a região até que as chuvas encham o reservatório novamente, a medida pode ser inevitável.

Redução da perda de água tratada — A perda de água tratada em São Paulo está em torno de 25%. Apesar de ser melhor do que a média brasileira — cerca de 40% — o índice ainda é considerado bem longe do ideal. Parte dessa perda se deve a vazamentos de tubulação, que muitas vezes acumulam décadas de uso, prejudicando o sistema

Mudança de hábitos culturais — Pensar que São Paulo é uma região com grande disponibilidade de recursos hídricos é um erro comum entre seus habitantes. Apesar de o Brasil deter 12% das reservas de água doce do planeta, a maior parte desses recursos encontra-se na região Norte do país. "A primeira coisa que a gente tem que fazer para reduzir o consumo de água é mudar a nossa cultura de abundância.

Despoluição dos rios Tietê e Pinheiros — Despoluir e utilizar as águas desses dois rios da região metropolitana não é, até o momento, uma opção considerada viável pelos especialistas. "Hoje não vejo como utilizar o Tietê e o Pinheiros. Além da qualidade da água ser ruim, os rios recebem muita poluição difusa, aquela que é carregada pela chuva que 'lava' a cidade, contendo às vezes poluentes altamente tóxicos"

Aquífero Guarani — O geólogo uruguaio Danilo Anton propôs o nome Aquífero Guarani para a grande quantidade de água subterrânea que identificou na década de 1990, abrangendo partes dos territórios do Uruguai, Argentina, Paraguai e principalmente Brasil, com uma extensão total de 1.182.000 quilômetros quadrados. Algumas cidades do interior de São Paulo, como Ribeirão Preto e São Carlos, se beneficiam dessa fonte, mas ela é inviável para os moradores da metrópole, que está a mais de 200 quilômetros do ponto onde é possível captar água.

Construção de um novo reservatório, ou transposição da água de outros rios — Resolver o problema com grandes obras leva tempo e demanda um investimento alto. "A água está cada vez mais longe, logo, cada vez mais cara", afirma Antonio Carlos Zuffo.. Ações como tratar o esgoto da população que vive próximo dos mananciais e proteger as áreas verdes restantes ao redor deles são essenciais para manter a qualidade da água.

Reuso — Os especialistas ouvidos pelo site de VEJA são unânimes: o reuso da água é a melhor opção para resolver a crise hídrica. A técnica consiste em recolher água que já foi usada e utilizá-la novamente. Há diferentes tipos de reuso. O método mais simples é tratar a água que escorre pelo ralo do chuveiro ou da máquina de lavar, por exemplo, e destiná-la para fins não potáveis, como limpeza de pisos, irrigação de áreas verdes ou fontes decorativas. Outra possibilidade é purificar o que vai para o esgoto tanto para fins não potáveis como para o consumo final — sim, para a torneira, como alguns países já fazem. O processo pode ser reproduzido em casas, condomínios, indústrias ou, idealmente, na rede de tratamento de esgoto de uma cidade inteira.






Reciclagem do óleo de cozinha

Muitos bares, restaurantes, hotéis e residências ainda jogam o óleo utilizado na cozinha direto na rede de esgoto, desconhecendo os prejuízos dessa ação. Independente do destino, esse produto prejudica o solo, a água, o ar e a vida de muitos animais, inclusive o homem.
Quando retido no encanamento, o óleo causa entupimento das tubulações e faz com que seja necessária a aplicação de diversos produtos químicos para a sua remoção. Se não existir um sistema de tratamento de esgoto, o óleo acaba se espalhando na superfície dos rios e das represas, contaminando a água e matando muitas espécies que vivem nesses habitats.
Dados apontam que com um litro de óleo é possível contaminar um milhão de litros de água. Se acabar no solo, o líquido pode impermeabilizá-lo, o que contribui com enchentes e alagamentos. Além disso, quando entra em processo de decomposição, o óleo libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa.


Despejo correto de óleo

Para evitar que o óleo de cozinha usado seja lançado na rede de esgoto,  cidades, instituições e pessoas de todo o mundo têm criado métodos para reciclar o produto. As possibilidades são muitas: produção de resina para tintas, sabãodetergenteglicerinaração para animais e até biodiesel.
Esse tipo de combustível já está sendo largamente desenvolvido em todo o mundo. Aqui no Brasil, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) em parceria com a Bayer premiou uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) sobre produção de biocombustível a partir do óleo de cozinha. A premiação ocorreu em 2007, durante o projeto Jovens Embaixadores Ambientais.
O projeto Biodiesel em casa e nas escolas também conta com a participação de universitários, escolas e empresas que já ajudaram a coletar mais de cem toneladas de óleo de cozinha para ser transformada em combustível 100% renovável.

Processo

Biodisel - A transformação do óleo de cozinha em energia renovável começa pela filtragem, que retira todo o resíduo deixado pela fritura. Depois é removida toda a água misturada ao produto. A depender do óleo, ele passará por uma purificação química que irá retirar os últimos resíduos. Esse óleo "limpo" recebe então a adição de álcool e de uma substância catalisadora. Colocado no reator e agitado a temperaturas específicas, ele se transforma em biocombustível e após o refino pode ser usado em motores capacitados para queimá-lo.
Sabão – Para fazer barras de sabão a partir do óleo de cozinha, basta seguir a receita abaixo:

Materiais:
  • 5 litros de óleo de cozinha usado
  • 2 litros de água
  • 200 mililitros de amaciante
  • 1 quilo de soda cáustica em escama
Preparo:
1.     Coloque cuidadosamente a soda em escamas no fundo de um balde.
2.     Depois, coloque a água fervendo.
3.     Mexa até diluir todas as escamas da soda.
4.     Adicione o óleo e mexa.
5.     Adicione o amaciante e mexa novamente.
6.     Jogue a mistura numa fôrma e espere secar.
7.     Corte o sabão em barras.
Atenção: A soda cáustica pode causar queimaduras na pele. O ideal é usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura.
Outros tipos de soluções podem servir para evitar que o óleo seja jogado nas redes de esgoto. Um produto desenvolvido na Espanha promete solidificar o óleo e facilitar seu armazenamento, coleta e reciclagem. Batizado de Frito Limpio, o produto deve ser jogado no óleo ainda quente e após alguns minutos todo o liquido estará sólido. Basta retirar da frigideira e guardar.
Caso essa solução esteja muito longe de você, basta armazenar a sobra da fritura em uma garrafa PET e entregar em um posto de coleta.








OCEANOS

Você já deve ter ouvido falar que o planeta “Terra”, tem, na verdade, muita mais água do que terra, e isso já está confirmado! Para você ter uma ideia, dos 510 milhões de quilômetros quadrados de superfície, 70,7% são ocupados pelos oceanos, que são grandes extensões deágua salgada que ocupam as depressões da superfície terrestre.
Toda essa água foi formada por transformações que ocorreram na atmosfera terrestre ao longo de bilhões de anos, através da condensação de vapor d’água da atmosfera que atingiram a superfície terrestre em forma de chuva.
Os oceanos são muito importantes para a manutenção da vida em nosso planeta por vários motivos: são grandes produtores de oxigênio, e isso se deve principalmente à presença das microalgas oceânicas, também regulam a temperatura da Terra e interferem na dinâmica atmosférica, caracterizam tipos climáticos.
Além de tudo isso o mar é uma importante via de transporte, sua biodiversidade é equivalente à de ecossistemas terrestres e também é fonte de extração de minerais.
Apesar de estarem interligados, há áreas oceânicas que tem características diferentes, como por exemplo, em relação à temperatura, insolação, quantidade de sais dissolvidos e movimentos, tais como ondas, marés, correntes marítimas, assim por essas características foram divididos em cinco grupos, que recebem nomes diferentes, conforme será descrito à seguir:
Oceano Antártico: nome que se dá às partes dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico que atingem o continente Antártico, nas proximidades do Círculo Polar Antártico.

Oceano Ártico: formado por um conjunto de mares situados na parte norte do globo terrestre. É limitado pelas costas setentrionais (norte) da Europa, Ásia e América e o Círculo Polar Ártico. Sua extensão é de 14,06 milhões de quilômetros quadrados.

Oceano Atlântico: estende-se do continente antártico, ao sul, até a Groenlândia e o mar da Noruega, ao norte; a oeste limita-se com a América e a leste com a África e a Europa. Possui aproximadamente 90 milhões de quilômetros quadrados.

Oceano Pacífico: é o maior de todos, com 175 milhões de quilômetros quadrados. Estende-se da costa ocidental da América até a costa oriental da Ásia e da Austrália.

Oceano Índico: sua extensão é de aproximadamente 75 milhões de quilômetros quadrados e também é chamado de Mar das Índias.
Inseridos nos oceanos estão os mares, ou seja, regiões ou partes dos oceanos próximos dos continentes.

Os mares também apresentam diferenças com relação à sua composição física no espaço geográfico, sendo classificados de acordo com essa característica em: mares fechados - são aqueles que se encontram nos interiores dos continentes, desse modo, não apresentam ligação direta com os oceanos, como, por exemplo, o mar de Aral e o mar Cáspio; mares abertos - estão diretamente ligados aos oceanos que se encontram nas proximidades e mares interiores - locais em que há uma restrita passagem que possibilitam a ligação com os oceanos, esta ligação ocorre através dos estreitos.
Entre os principais mares, podemos mencionar:
Mar Mediterrâneo: formado a partir das águas do Oceano Atlântico, sua extensão vai desde o norte da África, passa pelo sul da Europa e chega até Ásia. Integra a categoria de mar interior, nesse seguimento é o maior do planeta, ocupando uma área de 2,5 milhões de km2, além disso, possui o maior volume de água. O Mediterrâneo chega até dezoito nacionalidades diferentes.
Mar Morto: é o mar com maior concentração de sal, que atinge 25%, assim a cada litro de água encontra-se 275 gramas de sal. Essa concentração imensa de sal impede que qualquer forma de vida se desenvolva naquelas águas, por isso o nome "mar morto".
Mar Cáspio: é o maior mar fechado do planeta. Ocupa uma área de 438 690 km2 e encontra-se 28 metros abaixo do nível dos oceanos. É uma grande fonte de exploração pesqueira e, ao mesmo tempo, uma importante via de navegação.

Curiosidades – Nomes dos Oceanos

Atlântico: vem de Atlas, filho de netuno, o deus dos mares.
Pacífico: o navegador espanhol Vasco Nuñez de Balboa, descobridor do Pacífico, o havia batizado de Oceano do Sul, mas, em 1520, quando o navegador português Fernão de Magalhães percorreu o litoral sul-americano, ficou impressionado com a tranquilidade das águas e batizou o oceano de Pacífico. Na verdade, o dia era atípico, pois o Pacífico é mais perigoso do que o Atlântico.
Índico: recebeu o nome das costas que banha, da Índia e da Indonésia.


Ártico: situado no Polo Norte, sob a constelação da Ursa Menor, deve o nome à palavra grega arctos, que significa urso. Por oposição geográfica, o oceano do Polo Sul chama-se Antártico. (fonte: Guia dos Curiosos)


 





Nenhum comentário:

Postar um comentário